Um homem foi morto a tiros na madrugada deste sábado (29) em Viamão, na Região Metropolitana. Rafael Silva dos Santos estava em casa, na área do bairro Tarumã, quando foi baleado na cabeça. No momento do crime, ele estava na companhia da esposa e da filha, uma criança que ainda não teve a idade divulgada.

O autor do disparo estaria invadindo a residência da vítima. Segundo a Polícia Civil, o histórico de Santos e a dinâmica da ação reforçam a hipótese de latrocínio (roubo com morte).


— Pelo o que se apurou, ele levou o tiro na hora em que o autor estaria tentando ingressar na casa. Então, provavelmente, ele (criminoso) foi praticar algum furto, algum crime contra o patrimônio e não viu que tinha alguém em casa — afirma o titular da Delegacia de Homicídios do município, delegado Guilherme Calderipe, que ficou com o caso nesse primeiro momento.

O crime aconteceu em uma residência que fica em um terreno mais afastado da área urbana, uma espécie de sítio, na região próxima ao Autódromo de Tarumã, às margens da Estrada Capitão Gentil Machado de Godoy. O endereço exato do local do crime ainda não foi confirmado pela Polícia Civil.

Como os primeiros indícios levantados pela investigação apontam para a possibilidade de latrocínio, Calderipe informou que já está em contato com delegacias distritais, que ficam com esse tipo de caso.

Ainda neste sábado, os investigadores realizaram diligências para tentar identificar o criminoso e esclarecer o caso. Familiares da vítima devem ser ouvidos pela polícia nos próximos dias. Nesse primeiro momento, esse trabalho será conduzido pela Delegacia de Homicídios. Até o momento, nenhum suspeito foi identificado e ninguém foi preso.