O governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite afirmou na noite desta quarta-feira (18), que vai assinar amanhã (19), o decreto que institui estado de calamidade pública no Rio Grande do Sul em função da pandemia de coronavírus.

De acordo com o governador a definição ocorreu durante reunião no Palácio Piratini. Para ele esta é uma medida drástica, porém necessária. O governador afirma ainda que uma série de ações vai ser intensificada na tentativa de minimizar os efeitos do coronavírus.