O prefeito em exercício de Viamão Valdir Elias assinou decreto municipal na tarde desta quinta-feira, na qual fecha a prefeitura de Viamão pelo prazo de 10 dias a contar de amanhã.

De acordo com o documento, o período pode ser prorrogado pelo tempo que for necessário, até que os problemas de saúde pública ocasionados pelo coronavírus estejam sob controle. Os serviços ofertados pelo CRAS, CREAS, Centro Pop e Cadastro Único da Prefeitura também tem atividades suspensas.

Por outro lado, o decreto confirma a manutenção dos serviços da UPA 24 horas, das Unidades Básicas de Saúde e do teleagendamento. Serviços essenciais como coleta de lixo, iluminação pública, aterro sanitário, varrição de vias públicas, Conselho Tutelar, serviços de ambulância, vigilância, cemitérios e fiscalização de trânsito, vão continuar operando normalmente.

Além disso, o decreto municipal estabelece a criação de um gabinete de crise formado pelas secretarias da Fazenda, Administração, Saúde, Obras e o Gabinete do Prefeito.

Confira o decreto:

[pdf-embedder url=”http://bernardesdigital.com.br/wp-content/uploads/2020/03/decreto2020_19045339.pdf”%5D