O decreto estadual foi atualizado tendo em vista o novo decreto federal.

Leia a nota que o governo do estado postou:

“Esclarecemos que o decreto que envolve o funcionamento de templos religiosos e agências bancárias e lotéricas, publicado hoje pelo Governo do RS, cumpre uma obrigação federal prevista em decreto publicado na quinta-feira pela Presidência da República.
Como há uma norma federal, editada pela presidência da República, não é possível vedar completamente a atividade dos templos no RS. O Estado não pode contrariar a norma federal, assim como os municípios não podem desrespeitar as normas estaduais.
Dessa forma, fomos obrigados a alterar nossa regra para esses locais. Mesmo assim, estabelecemos algumas normas para combater a propagação do vírus. É necessário que seja observado nos templos religiosos o limite máximo de 25% da capacidade de assentos do local.
Também devem ser adotadas providências para garantir um distanciamento mínimo de dois metros entre os frequentadores, além de condições de higiene necessárias.
Seguindo recomendações científicas, mantemos a orientação para que quem puder fique em casa. As regras que editamos também visam garantir os serviços essenciais à população. No final da próxima semana, com base em estudos e avaliações, definiremos os próximos passos a serem adotados.”

Assista ao video que o governador fala referente a este decreto: https://www.facebook.com/GovernodoRS/videos/211963230080218/