Um casal foi preso preventivamente, na tarde desta quinta-feira (9), suspeito de ter assassinado, em janeiro desde ano, o ex-secretário de Viamão, José Renato Rossal Carvalho, 63 anos. A mulher, de 32, e o homem, de 33, que seriam namorados, estavam sendo investigados pela Polícia Civil desde o dia do crime. O nome dos suspeitos não foi divulgado pela polícia.

O corpo de Carvalho foi encontrado com marcas de facadas e enrolado em um tapete dentro de um carro em Viamão. Conforme a polícia, testemunhas teriam identificado o casal, quando deixava o local do crime.

A mulher, que era funcionária da vítima em um trailer de lanches no município, registrou um boletim por assédio contra Carvalho dias antes do crime. A queixa teria resultado em demissão.

O inquérito segue em andamento. Até o momento, a investigação indica que o crime teria sido motivado por vingança:

— Ainda estamos apurando, mas tudo indica que o crime tenha sido motivado por algo relacionado ao trabalho. Então, ela teria chamado o namorado e cometido o assassinato — afirma o delegado responsável, Guilherme Calderipe.