Entre as medidas do decreto que institui o plano de distanciamento controlado do RS, que prevê retomada de atividades econômicas em meio à pandemia do coronavírus,publicado no fim da noite de domingo (10), está a orientação para as atividades em clubes esportivos.

Segundo o texto, clubes de cidades das áreas laranja (caso de Porto Alegre) e amarela poderão realizar treinos físicos em locais abertos e com apenas 25% dos trabalhadores, podendo haver revezamento no grupo de jogadores. Assim, a dupla Gre-Nal está apta a seguir com os treinamentos e clubes do Interior enquadrados nas mesmas bandeiras poderão retomar as atividades, seguindo protocolos de limpeza e higienização.  Entre elas, o uso de máscara de proteção. Algumas cidades, no entanto, podem ter decretos municipais mais restritivos.

conforme o artigo 13 do decreto, será obrigatório adotar sistemas de escalas, de revezamento de turnos e de alterações de jornadas, para reduzir fluxos, contatos e aglomerações de funcionários do clube.

O documento divide o Estado em quatro níveis de restrições, representados por bandeiras nas cores amarela, laranja, vermelha e preta, que irão variar conforme a propagação da doença e a capacidade do sistema de saúde em cada uma das 20 regiões pré-determinadas. 

Definida a cor de cada região, essa classificação servirá para nortear as regras que serão adotadas para as atividades econômicas locais, divididas em 12 grupos, com diversas atividades identificadas. As coordenadas para clubes esportivos se enquadram na seção, “artes, cultura, esportes e lazer”.

Após a publicação do decreto, Grêmio e Inter  confirmaram que mantêm o cancelamento dos treinos desta segunda-feira (11) — as direções dos clubes se reunirão para analisar as normas previstas no documento e, assim, definir como fica o planejamento dos treinos da semana. 

Fonte: GauchaZH