A Secretaria da Fazenda divulgou na noite de terça-feira (12) o calendário atualizado de pagamento da folha salarial de abril dos servidores do Poder executivo.

O governo já tinha pago o salário de quem recebe até R$ 1,1 mil no dia 30 de abril e de quem recebe até R$ 1,5 mil no dia 11 de maio. Nesta terça, efetuou o pagamento de uma primeira parcela de R$ 1,5 mil para quem recebe acima desses valores. Nesta quinta (14), efetuará o pagamento de uma nova parcela de R$ 700, integralizando os vencimentos de quem recebe até R$ 2,2 mil — 48% do total de servidores.

Uma próxima parcela, de R$ 4.550, deverá ser paga apenas quando o Rio Grande do Sul receber recursos do auxílio do governo federal para os estados, o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavirus, que foi aprovado pelo Congresso, mas ainda aguarda sanção do presidente Jair Bolsonaro. Por isso, ainda não há uma data para o pagamento desta quarta parcela.

Pelo projeto aprovado, o RS irá receber R$ 1,95 bilhão da União para recompor a perda de arrecadação de ICMS, recurso que será pago em quatro parcelas de R$ 487 milhões. Apesar de ainda aguardar a sanção do projeto, o governo espera receber a primeira parcela ainda em maio.

“Desde março, temos feito um esforço para receber esses recursos para compensar a expressiva perda de arrecadação. Porém, já são dois meses de perdas de arrecadação que se acumulam, ao passo que ainda não recebemos, se aproximando do fim de maio, a primeira parcela desse suporte”, diz o secretário estadual da Fazenda, Marco Aurelio Cardoso.

Para quem recebe acima de R$ 6.750 — 12% dos servidores –, a previsão de quitação da folha de pagamento é para o dia 12 de junho.

Fonte: Secretaria da Fazenda (Sefaz)