A Polícia Civil, em ação realizada pela Delegacia Especializada No atendimento à Mulher de Viamão, deflagrou no dia 14/05 a Operação Refúgio II, com o intuito de combater os crimes de abuso sexual praticado contra crianças e adolescentes e os crimes de violência doméstica no município de Viamão.
Foram cumpridos 04 mandados de busca e apreensão, e 02 indivíduos foram presos.


O mandado de prisão preventiva é relativa ao crime de Estupro de Vulnerável, praticado por P.C.O.C, 49 anos, praticado contra a enteada, J.K.A.C, 20 anos. A vítima relatou que quando tinha 11 anos foi abusada sexualmente pelo padrasto, que também fazia isso contra outras crianças. Durante os abusos o indivíduos dopava a vítima com medicamentos, fazendo o mesmo com a mãe da vítima, esposa do suspeito na época. Segundo a Delegada Jeiselaure Rocha de Souza, o suspeito já havia abusado sexualmente de uma outra enteada, com o mesmo “modus operandi”, em outros estados do Brasil, inclusive. A prisão ocorreu em Porto Alegre, no Bairro Cavalhada, onde o acusado estava escondido.
Ainda, a prisão em flagrante ocorreu por descumprimento de medida protetiva e ameaça, por A.D.S, 42 anos, o qual reiteradamente descumpria a medida cautelar em seu desfavor.
As ações ocorreram nos bairros Planalto, Cecília e Florescente.
Após as diligências de praxe na DPPA/Viamão o suspeito serão encaminhados ao Sistema Prisional. No mês de maio estão sendo realizadas diversas ações, inclusive em parceira com o Conselho Tutelar, no combate ao abuso e à exploração sexual infantil. Reiteramos também que é possível fazer os registros de ocorrência de violencia doméstica que não necessitem de Medida Protetiva por meio da Delegacia Online (www.delegaciaonline.com.rs.gov.br), bem como fazer denúncias do Whatsapp 51-998444-0606.