O Movimento Tradicionalista Gaúcho do Rio Grande do Sul, na tarde da quarta-feira, 20 de maio, concluiu o Plano de Contingência para retomada das atividades tradicionalistas. O documento foi entregue à Secretaria Estadual de Cultura e estabelece medidas sanitárias para o retorno gradual de eventos, no contexto da pandemia pela Covid-19, em espaços públicos e privados. Segundo o vice-presidente de administração e finanças, César Oliveira, após análise e detalhamento, o Plano deverá ser protocolado junto ao decreto do Governo do Estado.

As orientações são de caráter genérico para todo e qualquer evento nas áreas de atuação das entidades filiadas ao MTG, independente de setor ou segmento. Entre outros detalhes, estabelecem, por exemplo, o número de pessoas permitido em um mesmo ambiente, uso de equipamentos para higiene pessoal, distanciamento entre pessoas e higienização dos ambientes.“Há que se ficar bastante claro que o Movimento Tradicionalista Gaúcho preza pela legalidade em suas ações e pelo cumprimento irrestrito das orientações das autoridades de saúde pública”, afirma.

Não há prazo para a retomada das atividades, pois essa decisão cabe ao governo com base no avanço da pandemia. Para montar o plano, o MTG reuniu uma equipe técnica de trabalho, sob a coordenação de César Oliveira.