Depois de se tornar a primeira medalhista olímpica brasileira na ginástica artística feminina brasileira, Rebeca Andrade voltou a fazer história nesta madrugada de domingo em Tóquio. No aparelho que teve sua maior nota na final individual geral na última semana, a ginasta brasileira ganhou mais uma medalha, dessa vez o ouro no salto sob a mesa.

A conquista veio com a nota média de 15.083 pontos. Em seu primeiro salto, recebeu a nota de 15.166, quando ainda sofreu uma penalização de 0.100, e no segundo, 15.000. Completaram o pódio com a brasileira, a americana Mykayla Skinner, com a prata, e a sul-coreana Seojeong Yeo, com o bronze.

— Estou muito feliz, trabalhei muito nesses últimos tempos, não sei nem o que dizer, não foi um dos meus melhores saltos, mas isso acontece. Tirei nota suficiente para o primeiro lugar. Eu até gostei de ser a terceira, pois não perdi o aquecimento. Senti muito pela Jade, porque treinamos muito para esse momento. Quero levar essa minha felicidade para o solo também, fazer meu melhor — disse Rebeca. 

A brasileira ainda pode conquistar mais uma medalha. Ela volta à ação na próxima segunda, a partir das 5h45min, para a disputa da final do solo. No individual geral, ficou atrás apenas da americana Sunisa Lee, que ficou com o ouro. 



Deixe seu Comentário