O prefeito de Viamão, Professor Bonatto, esteve hoje (09/11) pela manhã no Palácio Piratini para assinar o aditivo ao contrato de programa com a Corsan. Ao lado do diretor-presidente da Corsan, Roberto Barbuti, e do governador Eduardo Leite, Bonatto falou em nome de todos os prefeitos. 


“É um momento histórico para o Rio Grande do Sul e para a população gaúcha. Um município, sozinho, não consegue dar conta da captação e tratamento da água e do saneamento básico.” Em seu discurso, o prefeito de Viamão resgatou o início da discussão sobre a concessão da Corsan, que aconteceu no seu primeiro mandato, em 2015, quando Viamão construiu o Plano Municipal de Saneamento e apontou como uma das ações a captação de água na Lagoa dos Patos para abastecimento do município.


“No verão, Viamão é o primeiro município a faltar água e o último a chegar. Temos 108 quilômetros de costa de água doce. Hoje é um momento muito feliz! O Rio Grande do Sul será o primeiro Estado a ter a possibilidade de universalizar o acesso à água potável e o tratamento de esgoto até 2033, elevando a cobertura de abastecimento de água a 99% e de esgotamento sanitário a 90%. É uma ação construída e que ajudará a mudar o quadro de saúde pública, através do saneamento básico e universalização do acesso à água potável. É um novo momento, um novo tempo!”

Deixe seu Comentário