Metropolitana Web

Site de noticias de Viamão e Região Metropolitana do RS

TAXISTAS DE VIAMÃO EM CONFLITO COM EPTV

Uma determinação do Diretor Presidente da EPTV, Luciano Reis de Mello, readequando o horário de trabalho do Táxi prefixo 140, estabelecido na Vila Elsa, a pedido do proprietário, para o Ponto Fixo próximo ao Supermercado Bianchi, deixou os taxistas do ponto indignados e revoltados desde o dia 27 de fevereiro/20. Segundo a determinação o táxi 140 fará os seguintes horários: Até às doze horas na Vila Elsa; das 13 horas às 21 h no Ponto dos Operários (Bianchi) e após as 21horas no Ponto do Hospital.
O Representante dos Taxistas, João Osorio Monti (foto), entende que essa determinação além de descumprir a lei, ainda abre jurisprudência para outros taxistas fazerem os mesmos pedidos, e isso pode causar um descontrole na relação de trabalho dos táxi.
Osório também informa que Táxi 140, por edital tem que ficar estabelecido na Vila Elsa e, no momento que ele NÃO está no local estabelecido e horário na Vila, os usuários ficam a descoberto, principalmente, no horário noturno. “É inacreditável, mas esse táxi conseguiu um horário volante em três pontos, e isso não consta na Lei das concessões”, informa Osório.
A vereadora Belamar Pinheiro, moradora e representante na Vila Elsa da Câmara Municipal, também está preocupada com esse episódio e emitiu a seguinte nota:
“Como moradora da região da Elsa, eu procurei o Diretor de EPTV, Luciano Mello, no dia, 04/03/20, para conversar sobre essa readequação no horário do ponto de trabalho do táxi da Vila Elsa. O Diretor da EPTV disse que a ordem de serviço foi gerada a aprtir de um processo protocolado pelo próprio taxista que foi analisada pela fiscalização da EPTV. Ao encerrar o assunto o Diretor disse que o fiscal da EPTV iria me procurar no meu gabinete para explicar os critérios que usaram na readequação do táxi, mas até o dia 06/03/20, não compareceu, mas estou no aguardando pelas explicações”, conclui Belamar.
A editoria do Viamão e Daí, dia 06/03, entrou em contato por Whatsapp com o Diretor da EPTV, Luciano Mello, que sugeriu que fossemos até a EPTV conversar com o fiscal. Em contra partida dissemos que hoje a comunicação é por Whatsappp e ele poderia se manifestar por esse mecanismo. Até o fechamento da matéria não houve retorno da EPTV.
João Osório disse que os taxistas irão ingressar no Ministério Público para corrigir esse impasse.

Fonte: Vilson Arruda

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: